Publicidade

Notícias de saúde

Câncer de pele aumenta os riscos de desenvolver outros tipos de câncer

12 de janeiro de 2009 (Bibliomed). Um estudo da Universidade de Queen, no Reino Unido, indica que pacientes com câncer de pele correm mais risco de desenvolver outros tipos de câncer. De acordo com os pesquisadores, os pacientes que tratam do melanoma – forma mais agressiva de câncer de pele – são mais de duas vezes mais propensos a desenvolver outros cânceres do que a população geral. 

Em artigo publicado no British Journal of Cancer, os autores destacam que o risco também é elevado para outros tipos de câncer de pele, mas não tanto quanto para pacientes com melanoma. E os resultados aumentam as evidências apresentadas em outros estudos de que esses tipos de câncer aumentam as chances de desenvolverem outros cânceres, principalmente os relacionados ao tabagismo.

No estudo, os pesquisadores analisaram dados de um registro da Irlanda do Norte que incluía mais de 1,8 mil pacientes com melanoma e mais de 20 mil com outras formas menos agressivas. E observaram que, comparados à população geral, os primeiros tinham mais de duas vezes maior risco de ter outro câncer. Pacientes com câncer de pele não-melanoma tinham 57% maior risco, e eram quase duas vezes mais propensos a ter melanoma.

Possíveis explicações

Os autores destacam que a co-ocorrência de diversos tipos de câncer de pele pode ser explicada pelo fato de a exposição ao sol ser um fator de risco comum. Assim, aqueles que apresentam um tipo de câncer de pele são mais propensos a terem outras formas da doença. Além disso, a probabilidade de encontrar um novo câncer nesses pacientes é maior por causa do maior monitoramento após o diagnóstico da doença.

Em relação ao risco aumentado para outros cânceres, principalmente aqueles relacionados ao hábito de fumar, esse efeito é atribuído à propriedade cancerígena do fumo, que predispõe não apenas ao câncer de pele. Outra explicação possível é que os fumantes tendem a ter outros hábitos não saudáveis, como beber, se alimentar mal e se expor excessivamente ao sol.

Com isso, os especialistas defendem uma maior atenção dos médicos em relação às pessoas com câncer de pele, principalmente com o monitoramento dos fatores do estilo de vida que podem aumentar os riscos de desenvolver um segundo câncer.

Fonte: BBC News. 07 de janeiro de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: