Publicidade

Notícias de saúde

Primeira menstruação mais cedo traz desvantagens na luta contra câncer de mama

29 de dezembro de 2008 (Bibliomed). A idade da primeira menstruação pode ter um impacto no prognóstico e na sobrevida de mulheres que desenvolvem o câncer de mama, segundo estudo publicado neste mês na revista científica Breast Cancer Research. “A menarca (primeira menstruação) em idades mais jovens foi significativamente associada com o grau (do câncer) e com o comprometimento dos lifonodos”, destacaram especialistas do Instituto Karolinska, na Suécia, autores do estudo.

Acompanhando, por cinco a sete anos, 2640 mulheres suecas com idades entre 50 e 74 anos e que apresentavam câncer de mama após a menopausa, os pesquisadores observaram que aquelas que tiveram a primeira menstruação com 11 anos de idade ou mais jovens tinham duas vezes maior risco de desenvolver tumores mais graves – de médio e alto grau.

Além disso, a menarca precoce aumentava significativamente o risco de metástase, ou disseminação do câncer, para os linfonodos. E a sobrevivência dessas mulheres que alcançavam a puberdade mais cedo era pior do que a de outras pacientes, com um aumento de 72% nos riscos de morte cinco anos após o diagnóstico.

De acordo com os pesquisadores, “fatores hormonais estão implicados na progressão do tumor, e é possível que fatores que influenciam a indução do câncer de mama afetem o prognóstico”. Os resultados do estudo, porém, não permitem concluir se a idade da primeira menstruação afeta diretamente os resultados do câncer de mama, ou se o câncer está relacionado a eventos fisiológicos precoces no desenvolvimento dos seios na infância e na puberdade por causa da menarca adiantada.

Fonte: Breast Cancer Research. 16 de dezembro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: