Publicidade

Notícias de saúde

Coração artificial deve ser testado em humanos em breve, segundo especialistas

10 de novembro de 2008 (Bibliomed). Um coração artificial desenvolvido por cientistas franceses deve ser testado em humanos em breve, segundo anunciou, neste mês, o cirurgião Alain Carpentie. A previsão é que os testes se iniciem em 18 meses a dois anos, com a esperança de que o órgão artificial ajude, inicialmente, pessoas que sofreram um infarto ou que têm insuficiência cardíaca.

O dispositivo, que tem o formato de um coração humano e bombeia o sangue no mesmo ritmo do órgão, usa um sensor eletrônico para controlar a taxa cardíaca e o fluxo sangüíneo, permitindo respostas imediatas às necessidades do pacientes por mais ou menos sangue. Esse mesmo tipo de sensor é usado para medir a pressão do ar e a altitude em aeronaves.

O coração artificial foi testado apenas em animais, mas não foi observada nenhuma complicação. E os especialistas destacam que ele é mais parecido com o natural do que os desenvolvidos anteriormente, sendo o primeiro a variar automaticamente a velocidade de bombeamento do sangue e a ter duas “bombas” – que enviam sangue aos pulmões e ao resto do corpo.

Além disso, ele é feito de materiais naturais, incluindo polímeros e tecido de suínos, que não causaram problemas como rejeição ou formação de coágulos, comumente observados em outros órgãos artificiais. Por isso, segundo os especialistas há uma chance real de o dispositivo se tornar “clinicamente útil em um pequeno espaço de tempo”, oferecendo esperança para os pacientes nas filas de transplante.

Fonte: IrishHealth. 05 de novembro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: