Publicidade

Notícias de saúde

Peso não afeta significativamente comportamento sexual feminino, diz estudo

03 de novembro de 2008 (Bibliomed). Um estudo americano publicado na edição de setembro do periódico Obstetrics & Gynecology indica que o peso das mulheres não afeta seu comportamento sexual. Na verdade, os resultados sugerem que mulheres com sobrepeso relatam maior freqüência de relações sexuais com homens do que aquelas que apresentam peso considerado normal.

Usando informações de uma pesquisa nacional sobre crescimento familiar realizada em 2002, pesquisadores da Universidade do Hawaii e da Universidade do Estado do Oregon avaliaram dados de mais de 7 mil mulheres sobre índice de massa corporal e comportamento sexual – orientação sexual, idade da primeira relação, número de parceiros e freqüência com que faz sexo.

E os resultados contrariam os estereótipos de que as mulheres que estão acima do peso ideal não seriam tão sexualmente ativas quanto as outras. Os pesquisadores notaram que 92% das mulheres com sobrepeso relataram ter um histórico de relações sexuais com homens, contra apenas 87% das mulheres com um índice de massa corporal normal.

“Nossas análises demonstram que mulheres obesas e com sobrepeso não diferem significativamente em algumas das medidas objetivas de comportamento sexual, comparadas com mulheres de peso normal”, disse o líder do estudo, Bliss Kaneshiro. “Esse estudo indica que todas as mulheres merecem diligência no aconselhamento sobre a gravidez indesejada e a prevenção de DST, independentemente do índice de massa corporal”.

Fonte: EurekAlert. Public release. 30 de outubro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: