Publicidade

Notícias de saúde

Especialistas pesquisam vacina contra artrite reumatóide

19 de agosto de 2008 (Bibliomed). Cientistas britânicos estão tentando desenvolver uma nova vacina que poderia suprimir os efeitos da artrite reumatóide usando as células sangüíneas dos próprios pacientes. E os pesquisadores da Universidade de Newcastle destacam que, apesar de o estudo ainda está no início, os resultados preliminares são promissores.

A artrite reumatóide é uma doença inflamatória sistêmica de causa indeterminada que produz inflamação no revestimento das articulações, causando calor, inchação e dor. Na doença, o sistema imunológico, que deveria proteger o organismo, acaba atacando, erroneamente, as articulações.

Essas respostas imunológicas são coordenadas pelas chamadas células dendríticas, que, enquanto maduras, são responsáveis por ativar as defesas do organismo. E acredita-se que um outro tipo, chamado células dendríticas tolerogênicas, suprime a atividade do sistema imunológico.

Baseado nesse efeito, seria criada uma forma de manipular quimicamente os glóbulos brancos dos pacientes, usando substâncias, esteróides e vitamina D, para que desenvolvam células dendríticas tolerogênicas que, uma vez injetadas em forma de vacina, poderiam reduzir os efeitos da artrite.

Apesar de uma técnica similar ser utilizada na pesquisa do câncer, é a primeira vez que ela é adaptada para a artrite reumatóide. “Baseado nas pesquisas laboratoriais anteriores, nós esperamos que isso especificamente suprima ou reduza a resposta auto-imune”, disseram os autores.

Eles destacaram que, na pesquisa, serão feitas biopsias duas semanas após a injeção para avaliar se ela induziu a resposta esperada. Com isso, eles esperam também descobrir se a vacina é eficaz apenas se aplicada diretamente na articulação ou se é disseminada pelo organismo.

Fonte: Nursing in Practice. 18 de agosto de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: