Publicidade

Notícias de saúde

Impotência pode ser sinal precoce de sérios problemas cardiovasculares

27 de maio de 2008 (Bibliomed). Apesar de reconhecer que a disfunção erétil e a doença arterial coronariana têm muitos fatores de risco em comum – como fumo, dislipidemia, diabetes e hipertensão – novas pesquisas têm mostrado que a impotência sexual pode ser um indicador independente de doenças cardíacas.

Baseados em uma revisão de estudos realizada nos Estados Unidos que sugere que a impotência pode ser um fator de risco independente para eventos cardiovasculares, pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia sugerem que os pacientes que apresentam disfunção erétil devem ficar atentos à sua saúde cardíaca e ao controle dos fatores de risco cardiovascular.

De acordo com o pesquisador R.A. Kloner, médico do Instituto do Coração do Hospital Bom Samaritano de Los Angeles e autor da pesquisa, apenas há poucos anos alguns estudos têm sugerido a impotência sexual como importante marca precoce da presença de doença cardíaca.

"Análises recentes sugerem que os sintomas de disfunção erétil ocorrem antes dos sintomas de doença arterial coronariana, e pode ser um preditor de futuros eventos cardiovasculares importantes", escreveu o especialista.

Ele ainda acrescentou que esses pacientes devem procurar um médico, pois, quanto mais rápido o controle dos fatores de risco, melhores os resultados na prevenção a eventos cardiovasculares sérios. "Se os fatores de risco cardiovasculares são identificados, eles devem ser trabalhados e tratados agressivamente – pois o tratamento desses fatores de risco pode salvar vidas", finalizou.

Fonte: International Journal of Impotence Research. 15 de maio de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: