Publicidade

Notícias de saúde

Aposentadoria precoce: risco aumentado de morte?

26 de março de 2008 (Bibliomed). Poderia haver relação entre a aposentadoria precoce e ocorrência de mortalidade em pessoas sadias? De acordo com um novo estudo da Universidade de Atenas, na Grécia, a resposta poderia ser Sim.

Uma investigação sobre quase 17.000 adultos gregos mostrou que aqueles que estavam aposentados no início da pesquisa estavam cerca de 51 por cento mais propensos a morrer durante o período de estudo que aquele da mesma idade que ainda trabalhavam. A pesquisa foi publicada na revista American Journal of Epidemiology.

Todos os participantes, com idades entre os 20 e 80 anos, estavam aparentemente sadios no inicio do estudo. Nenhum deles tinha diagnóstico de doença crônica, como cardiopatías, diabetes ou câncer.

A pesquisa incluiu 16.827 adultos acompanhados durante 7,7 anos. Neste período morreram 619 participantes. As mortes foram 404 mortes no grupo de 3.874 aposentados e 215 mortes no grupo de 12.953 trabalhadores ativos no inicio do estudo.

Esta tendência de maior mortalidade entre os aposentados mais jovens se observou em todos os grupos de idade. A aposentadoria mais precoce elevava prinipalmente o risco de morte por cardiopatias.

Fonte: American Journal of Epidemiology, March 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: