Publicidade

Notícias de saúde

Tratar precocemente a ansiedade poderia ter enorme impacto na saúde pública

19 de março de 2008 (Bibliomed). A partir de um ponto de vista da saúde pública, é difícil encontrar outra intervenção de transtornos da saúde mental que tenha o potencial de ter um impacto tão grande como tratar os distúrbios da ansiedade em crianças, segundo apresentação feita no 28º encontro anual da Anxiety Disorders Association of America.

A palestra foi feita pelo pesquisador Ronald Kessler, da Harvard Medical School, Segundo ele, os transtornos de ansiedade são poderosos preditores do posterior aparecimento de outras doenças. Por exemplo, em comparação com uma criança que não tinha medo de cães na idade 4 anos, uma criança que tinha medo de cachorros na mesma idade é de 2, 3 ou 4 vezes mais propensa a ter depressão, problema com álcool, ou distúrbio de tipo oposição-desafio na idade de 25 anos. Comparados com pessoas sem transtornos da ansiedade, aquelas com estas enfermidades têm taxas mais elevadas de comorbidades de saúde mental como a depressão e/ou alcoolismo.

Os dados sobre os padrões de co-morbidade com outros transtornos de ansiedade física e transtornos mentais vieram do National Comorbidity Survey Replication.

Fonte: 28º encontro anual da Anxiety Disorders Association of America.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: