Publicidade

Notícias de saúde

Estresse aumentaria a pressão arterial na gravidez, diz estudo.

16 de novembro de 2007 (Bibliomed). Pesquisadores do Temple University College of Health Professions realizaram uma pesquisa, a respeito da relação entre estresse e sintomas de pré-eclâmpsia e hipertensão na gravidez.

A pré-eclâmpsia e a hipertensão na gravidez são situações de grande risco, tanto para a gestante quanto para o próprio bebê. Elas se associam a um aumento do risco de partos prematuros, hemorragias, baixo crescimento intra-uterino, entre outros. Em relação à pré-eclâmpsia, pouco se sabe sobre os fatores que levam ao seu desenvolvimento, entretanto, sabe-se que ela é uma doença específica da gravidez.

Os autores avaliaram mulheres após o parto, com o diagnóstico de pré-eclâmpsia e hipertensão na gravidez, em três diferentes hospitais da Filadélfia, Pensilvânia, procurando analisar quais fatores poderiam agravar esses sintomas.

Segundo os pesquisadores, as pacientes com pré-eclâmpsia e hipertensão na gravidez, apresentavam valores elevados de estresse psicológicos. Nenhuma variação entre questões sociais foi observada entre as pacientes.

Diante dos resultados, os autores acreditam que medidas de suporte emocional e psicológico devam ser promovidas, entre as pacientes que apresentam pré-eclâmpsia e hipertensão durante a gravidez, a fim de minimizar o surgimento de sintomas e proporcionar uma melhor gestação.

Fonte: Journal of Obstetric, Gynecologic, & Neonatal Nursing; 36 (5): 419 – 429 (September/October 2007); doi:10.1111/j.1552-6909.2007.00173.x

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: