Publicidade

Notícias de saúde

Síndrome dos ovários policísticos atinge uma em cada quinze mulheres

19 de setembro de 2007 (Bibliomed). A síndrome dos ovários policísticos é uma disfunção do sistema endócrino que afeta a regulação e a produção dos hormônios sexuais femininos. O quadro se caracteriza pelo surgimento de pêlos de distribuição masculina nas mulheres afetadas, alterações na freqüência das menstruações, bem como no achado de modificações estruturais nos ovários, através de exames de imagem como a ultra-sonografia.

A doença atinge uma em cada quinze mulheres, em todo o mundo, conforme assinalam investigadores que publicaram uma pesquisa na revista The Lancet, em Agosto de 2007. Os autores esclarecem que a síndrome de ovários policísticos culmina em um aumento da produção de hormônios sexuais masculinos, da mesma forma que interfere na regulação do metabolismo de açúcares pelo corpo.

As principais complicações da doença incluem problemas menstruais, infertilidade, acne, crescimento excessivo de pêlos e obesidade. As mulheres, portadoras da síndrome, estão sob maior risco de desenvolver diabetes mellitus e problemas de coração.

Apesar da sua grande freqüência, a síndrome dos ovários policísticos ainda não possui uma causa identificada. Especula-se que fatores hereditários e associados ao estilo de vida participem da origem do distúrbio.

Fonte: The Lancet 2007; 370 (9588): 685 – 697 (25 August).

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: