Publicidade

Notícias de saúde

Inglês de Médicos Estrangeiros na Grã-Bretanha é Criticado

LONDRES (Reuters) - O Partido Conservador, oposição na Grã-Bretanha, está apelando para que sejam aplicados testes mais rigorosos de língua inglesa em médicos estrangeiros que trabalham no Serviço Nacional de Saúde.

A informação, publicada no Sunday Times, revela que segundo o porta-voz de saúde do partido Conservador, Liam Fox, o inglês fraco de muitos médicos qualificados em outros países e agora trabalhando na Grã-Bretanha chegou a se tornar um "perigo público".

"Sua habilidade com a língua inglesa não tem o padrão necessário e como resultado os pacientes estão sofrendo. Corrigir isto é uma questão de segurança pública", conforme declaração atribuída a Fox pelo jornal.

Para Fox, os exames de inglês que avaliam médicos estrangeiros que desejam trabalhar no Serviço Nacional de Saúde são inadequados e testam apenas um nível mínimo de competência na língua.

"Em situações potenciais de vida ou morte, ter um padrão mínimo de proficiência em inglês pode ser fatal", disse Fox. Na sua opinião, testes de inglês mais difíceis deveriam ser introduzidos imediatamente além de haver aulas disponíveis para médicos que não forem aprovados nos testes.

Fox também apelou para a introdução de um exame médico mais rigoroso para testar a competência de médicos estrangeiros que se inscrevem para trabalhar na Grã-Bretanha.

Seus comentários provocaram acusações de racismo por parte de outros partidos políticos. Conforme o Sunday Times, o porta-voz de saúde dos Liberais Democratas Nick Harvey acusou Fox de "disfarçar mal o racismo".

Fox negou que suas observações fossem racistas e disse que os Conservadores ficariam felizes em aceitar médicos de qualquer parte do mundo desde que suas habilidades fossem suficientemente boas.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: