Publicidade

Notícias de saúde

Vítimas de violência doméstica recebem pouca atenção psicológica

22 de junho de 2007 (Bibliomed). A violência doméstica é uma das situações mais nefastas que podem ocorrer no seio familiar. Acarreta diversas implicações negativas no âmbito psíquico, além de poder resultar em seqüelas físicas permanentes na vítima de agressão. Medidas legais cada vez mais rígidas estão sendo tomadas, no intuito de minorar sua ocorrência, sobretudo quando as vítimas da violência são as mulheres.

Pesquisadores americanos publicaram um estudo na revista Psychiatry Services, em Junho de 2007, onde procuraram avaliar os fatores de risco, associados à violência doméstica. Também foi verificada a oferta de tratamento psiquiátrico, destinado às vítimas da violência. Participaram da pesquisa 7.924 mulheres das raças negra, hispânica e branca, com idades entre 18 e 49 anos.

Os resultados apresentados demonstraram que grande parte das mulheres, vitimizadas pela violência dos parceiros, não recebia atendimento psiquiátrico adequado, mesmo quando sentiam a necessidade subjetiva de auxílio especializado. Além disso, as mulheres hispânicas e as brancas foram os grupos étnicos que mais apresentavam componentes com inadequado acompanhamento psiquiátrico, após o episódio de violência doméstica.

Assim, os autores concluem que o suporte médico adequado deve ser destinado a mulheres vítimas de violência conjugal, a fim de reduzir possíveis seqüelas psíquicas relacionadas ao evento.

Fonte: Psychiatr Serv 2007; 58: 822 – 829 (June).

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: