Publicidade

Notícias de saúde

Tipo de personalidade interfere na produção de hormônios de estresse

07 de maio de 2007 (Bibliomed). Os hormônios são substâncias químicas, produzidas pelas glândulas do sistema endócrino, os quais atuam em locais distantes do seu sítio de liberação. Assim, quando uma determinada glândula endócrina é estimulada a produzir seus hormônios, estes são lançados na corrente sanguínea a atingem os receptores espalhados nos diversos tecidos corporais, a fim de exercer sua função. Um dos hormônios produzidos em situações de estresse é o cortisol (sintetizado pelas glândulas supra-renais), tendo este, papel primordial na resposta corporal a situações de perigo.

As características individuais da personalidade, sobretudo o comportamento retraído e excessivamente preocupado, estão relacionadas com o surgimento de transtornos de ansiedade. Por sua vez, tais distúrbios ansiosos, contribuem para uma hiperativação da glândula supra-renal e para a produção de cortisol em grandes quantidades, segundo revela publicação da revista Acta psychiatrica Scandinavica, de Maio de 2007.

A pesquisa pautou-se na avaliação da resposta de estresse (medida pelos níveis sanguíneos do cortisol), em indivíduos com personalidade de risco para desenvolver distúrbios de ansiedade, submetidos a testes psicossociais provocativos. Os resultados divulgados mostraram, que a presença de comportamento retraído e preocupação excessiva com as atividades cotidianas, se relacionou com maiores níveis de cortisol sangüíneo.

Assim, os autores concluem que as alterações endócrinas acima descritas podem contribuir no desenvolvimento de distúrbios ansiosos, em pessoas com personalidade de risco.

Fonte: Acta Psychiatr Scand. 2007; 115 (5): 395 – 402 (May).

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: