Publicidade

Notícias de saúde

Psicoterapia é efetiva no tratamento de insônia em idosos

30 de abril de 2007 (Bibliomed). A insônia é um dos distúrbios do sono mais comuns na população geral. Caracteriza-se pela incapacidade do indivíduo em obter um sono revigorante, o que eleva o cansaço no dia seguinte e conduz a períodos de sonolência diurna recorrentes. Um dos grupos etários mais propensos a desenvolver quadro de insônia é o dos idosos, sendo que estes ainda costumam ter uma redução fisiológica do número de horas de sono por noite, fato que pode agravar os sintomas da doença.

Um grupo de pesquisadores norte americanos escreveu um estudo na revista Psychology and aging, em Março de 2007, no qual afirmam que o uso de terapia psicológica é efetiva no controle da insônia em idosos. Os autores ainda ressaltam que duas modalidades de psicoterapia, lançadas pela American Psychological Association's Committee on Science and Practice of the Society for Clinical Psychology obtiveram bons resultados, no controle dos sintomas de insônia que atingem os idosos.

Porém, ainda não existem estudos suficientes que respaldem a expansão da indicação de outras formas de psicoterapia (como as terapias de relaxamento, terapia cognitiva, dentre outras), para o tratamento da insônia. Assim, os autores concluem que as duas modalidades psicoterápicas, lançadas pela Sociedade Americana de Psicologia, as quais receberam validação científica, constituem uma boa opção não farmacológica do controle da insônia, em pessoas acima de sessenta anos de vida.

Fonte: Psychol Aging. 2007; 22 (1): 18 – 27 (March).

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: