Publicidade

Notícias de saúde

Crianças tratadas de leucemia têm maior risco de desenvolver tumores

20 de abril de 2007 (Bibliomed). A leucemia é um tipo de câncer das células do sangue, que incide mais freqüentemente em crianças. Atualmente, a maioria dos casos de leucemias, quando detectados precocemente apresenta altas chances de cura, com total restabelecimento da saúde da criança doente. Porém, deve-se ressaltar que as modalidades de tratamento para estes tumores são bastante agressivas, podendo determinar o surgimento futuro de outros tipos de câncer.

Segundo revelaram pesquisadores norte americanos, em estudo publicado na revista JAMA (The Journal of the American Medical Association), em Março de 2007, ainda é pouco conhecido o risco real de ocorrerem novos tumores, após longos períodos (15 a 20 anos) do tratamento de leucemias nas crianças. O objetivo da pesquisa foi justamente quantificar este risco, bem como identificar quais os tumores ocorreram com maior freqüência, neste grupo de indivíduos.

Os resultados apresentados demonstraram que o risco de aparecimento de novos cânceres, após o tratamento bem sucedido da leucemia na infância, aumenta com o passar do tempo, sendo de 4,17% após 15 anos da terapia, e de 10,85% após 30 anos. Os tumores mais comumente identificados nestes casos são cânceres das células sanguíneas, linfomas, tumores cerebrais, tumores da pele e das partes moles (sarcomas).

Assim, os autores concluem que os indivíduos que receberam tratamento para leucemia na infância, constituem um grupo de risco para o desenvolvimento de tumores na idade adulta, devendo, portanto, ter um adequado acompanhamento.

Fonte: JAMA. 2007; 297 (11): 1207 – 1215 (March 21).

  • Saiba mais e comente esta notícia no Blog de Boa Saúde.
  • Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

    Faça o seu comentário
    Comentários


    Publicidade

    Dicionário Médico

    Digite o termo desejado

    buscar

    Ou clique na primeira letra do termo: