Publicidade

Notícias de saúde

Distúrbios de ansiedade são comuns, mas pouco identificados.

27 de março de 2007 (Bibliomed). Os transtornos de ansiedade são doenças mentais, caracterizadas pela preocupação excessiva do doente, com fatos ou eventos cotidianos, bem como com o surgimento de sintomas (batedeira no peito, "suor frio", boca seca...) em situações de maior sobrecarga emocional. Devem ser adequadamente detectados, de forma que o melhor tratamento seja instituído, e as limitações na qualidade de vida do doente sejam contornadas.

Porém, os distúrbios de ansiedade ainda são pouco identificados pelos médicos, conforme afirmaram pesquisadores norte americanos e europeus, em estudo da revista Annals of Internal Medicine, em Março de 2007. A pesquisa procurou esclarecer a real prevalência de transtornos ansiosos, verificar o impacto social da doença e a acurácia do diagnóstico, pelos médicos da atenção primária.

Os resultados divulgados revelaram que um em cada cinco indivíduos, que procuram assistência médica, possui algum transtorno de ansiedade. As formas mais comuns de distúrbios ansiosos identificadas foram o estresse pós-traumático, o transtorno de ansiedade generalizada, o transtorno do pânico e a fobia social. Todos estes distúrbios mentais correlacionaram-se com piora na qualidade de vida do doente, bem como com restrições importantes na sua vida social.

Além disso, foi verificado que 41% dos portadores de distúrbios ansiosos, que procuram cuidados médicos por qualquer motivo, não recebem tratamento adequado para o seu transtorno mental.

Assim, os autores concluem que a ansiedade é uma condição prevalente, incapacitante, porém inadequadamente identificada e tratada pelos médicos que prestam atenção primária. Esforços devem ser direcionados para mudar este quadro.

Fonte: Ann Intern Med 2007; 146 (5): 317 – 325 (March 6).

11

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: