Publicidade

Notícias de saúde

Eczema na infância – será que os pais entendem?

22 de janeiro de 2007 (Bibliomed). O eczema é uma doença da pele caracterizada pela inflamação e pela presença de lesões ricas em secreções, as quais costumam coçar bastante. As lesões do eczema apresentam um caráter cíclico, ou seja, somem e depois reaparecem, em decorrência de uma série de estímulos, tais como a exposição a substâncias causadoras de alergia, estresse emocional, dentre outras.

Existem poucos dados a respeito da magnitude do impacto psicossocial que o eczema causa nas crianças portadoras da doença, bem como pouco se sabe acerca de como os pais de crianças com eczema lidam com esta situação. Visando abordar esta situação, um grupo de pesquisadores ingleses desenvolveu um estudo que foi publicado na revista Journal of the European Academy of Dermatology and Venearology, em Janeiro de 2007.

No estudo, foram selecionadas crianças portadoras de eczema, asma, eczema e asma, ou sadias, com idades entre 7 e 12 anos.

Os resultados revelaram que os pais destas crianças não acham que seus filhos apresentem uma qualidade de vida ruim, em decorrência da doença. A maioria dos pais de crianças com eczema, no entanto, não soube dizer como seus filhos lidam com a doença e nem quais as limitações que o eczema produz em seus filhos.

Com isso os autores concluem que a relação entre pais e filhos, em famílias com crianças com eczema deve ser mais bem abordada, uma vez que a real compressão do impacto da doença por parte dos pais tem influência, tanto na resposta ao tratamento, quanto na qualidade de vida da criança doente.

Fonte: Journal of the European Academy of Dermatology and VenereologyVolume 21 Issue 1 Page 63 - January 2007.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: