Publicidade

Notícias de saúde

Novos medicamentos para artrite reumatóide e risco de câncer

23 de novembro de 2006 (Bibliomed). O uso de terapia biológica parece não aumentar o risco do surgimento de cânceres em geral, em portadores de artrite reumatóide. Isso é o que concluiu uma pesquisa norte-americana divulgada em novembro de 2006.

Alguns estudos prévios haviam sugerido que medicamentos desenvolvidos por engenharia genética, tais como adalimumab, etanercept, infliximib, anakinra e abatacept, poderiam aumentar o risco de aparecimento de linfomas e/ou câncer pulmonar, em pacientes portadores de artrite reumatóide. Estes medicamentos são comumente prescritos para controle do sistema imunológico nestes pacientes.

Em um novo estudo, pesquisadores analisaram dados de cerca de 13.000 pessoas, que tomaram parte no U.S. National Data Bank of Rheumatic Disease entre 1998 e 2005. Destes pacientes, 48% haviam usado medicamentos biológicos. Entre estes pacientes, ocorreram 623 novos casos de câncer de pele (que não o melanoma) e 537 casos de todos os outros tipos de câncer.

Os investigadores compararam estas taxas com as taxas gerais da população americana, e verificaram que os pacientes de artrite reumatóide, que usaram os medicamentos biológicos, tiveram um risco aumentado para os cânceres de pele em geral (melanoma e não melanoma); porém, não tiveram risco aumentado para nenhum outro tipo de câncer.

Ao achados da pesquisa foram apresentados no Congresso do American College of Rheumatology, em Washington, D.C., realizado em novembro de 2006.

Fonte: American College of Rheumatology, news release, 8 de novembro de 2006.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: