Publicidade

Notícias de saúde

Eletrocardiograma feito ao nascimento pode prevenir morte de bebês

08 de agosto de 2006 (Bibliomed). A chamada Síndrome do QT longo é uma importante causa de morte súbita em bebês e crianças, assim como outras cardiopatias de origem congênita.

Pesquisadores da Universidade de Pavia, na Itália, propuseram um modelo no qual seria feito um eletrocardiograma (ECG) no primeiro mês de vida dos bebês, que permitiria a identificação de crianças assintomáticas, portadoras da síndrome do QT longo e de outras cardiopatias potencialmente tratáveis, não reconhecidas por exames de rotina neonatais. A proposta incluiria tratamento apropriado, capaz de prevenir mortes desnecessárias em bebês, crianças, e adultos jovens.

Segundo o artigo dos investigadores, publicado na revista European Heart Journal, o custo anual para analisar com um ECG todos os bebês nascidos na Itália durante um ano – 550.000 nascimentos – seria de menos de 12 milhões de euros.

E o custo, por um ano de vida salva, seria de somente 7.000 euros, configurando-se este em um programa altamente custo-efetivo.

Fonte: Eur Heart J. 2006 Aug;27(15):1824-32.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: