Publicidade

Notícias de saúde

Novo medicamento reduz o peso e os fatores de risco cardiovascular

01 de dezembro de 2005 (Bibliomed). O rimonabant (Acomplia ® - Sanofi-Aventis), já foi demonstrado como capaz de reduzir o peso corpóreo e diminuir os fatores de risco cardiovascular em pacientes obesos. O estudo Rimonabant in Obesity–Lipids (RIO-Lipids) examinou os efeitos do rimonabant nos fatores de risco metabólico, em pacientes de alto risco que apresentam sobrepeso ou obesidade, e têm ainda dislipidemia.

Segundo pesquisadores do estudo RIO-Lipids, publicado na revista The New England Journal of Medicine na semana passada, foram nomeados 1036 pacientes com sobrepeso ou obesidade, com dislipidemia sem tratamento, e com índice de massa corporal de 27 a 40: os pacientes foram indicados de modo aleatório para uma terapêutica com placebo (334 pessoas) ou rimonabant na dose de 5 mg (340 pessoas) ou 20 mg (344 pessoas) diariamente durante 12 meses, além de uma dieta de baixa caloria.

Ao término de 12 meses, os indivíduos no grupo do placebo perderam uma média de 2,3 quilogramas (kg), comparado com uma perda de peso de 4,2 kg no grupo de rimonabant de 5 mg e de 8,6 kg no grupo de rimonabant 20 mg. A perda de peso aconteceu durante os primeiros meses e depois se estabilizou sem se recuperar ao longo do resto do período do estudo. Reduções na circunferência da cintura seguiram um padrão semelhante.

Os triglicérides tiveram queda de 15,8 por cento entre os que usaram a dose mais elevada de rimonabant, permanecendo fixo nos outros dois grupos. O colesterol HDL (o chamado “bom colesterol”) aumentou 12,2 por cento no grupo placebo, 15,6 por cento no grupo rimonabant de baixas doses e 23,4 por cento no grupo de rimonabant de alta dose.

Fonte: The New England Journal of Medicine Volume 353:2121-2134, Number 20, November 17, 2005

Copyright © 2005 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: