Publicidade

Notícias de saúde

Exposição ao ruído ligado a infarto do coração

06 de setembro de 2004 (Bibliomed).  Estudos prévios sugeriram que exposição crônica a ruídos cause tensão, que conduza a aumentos em pressão sanguínea e mudanças no colesterol. Estas mudanças podem contribuir ao desenvolvimento de doença cardíaca.

Um novo estudo divulgado na semana passada no Congresso da Sociedade Européia de Cardiologia procurou relacionar a exposição crônica a ruídos e a ocorrência de ataques cardíacos (infartos). No estudo, investigadores alemães entrevistaram mais que 4.000 pacientes vítimas de ataques cardíacos admitidos em hospitais de Berlim entre 1998 e 2001. Os pesquisadores procuraram verificar a até que ponto os pacientes tinham sido aborrecidos por ruídos originados de tráfego, zonas industriais, ou zonas de construção.

Foram feitas perguntas aos participantes pelos ruídos, as suas fontes, e quão irritantes os sons tinham sido. Os investigadores também consideraram o tráfego ao redor das casas dos pacientes e calcularam a quantidade de ruído que eles haviam sido expostos durante um período de 10 anos.

Para mulheres, os ruídos ambientais foram um perigo para a saúde. Aquelas que informaram ruídos ambientais tiveram uma probabilidade 50% maior de terem tido um ataque cardíaco, em relação às que não tiveram este tipo de problema.

Os homens não foram afetados por ruídos ambientais, mas locais de trabalho ruidosos tornaram 30% maior a possibilidade de terem um infarto do coração. Ruídos no local de trabalho aparentemente não tiveram conseqüências para as mulheres.

Fonte: News release – Congresso ESC 2004.

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: