Publicidade

Notícias de saúde

Uma salada geneticamente modificada pode ser boa para o coração

24 de maio de 2004 (Bibliomed). O uso de alimentos transgênicos tem sido condenado por muitos, por suspeitas de que seriam capazes de causar alterações na saúde dos seres humanos. Agora, uma nova pesquisa publicada na revista Nature Biotechnology mostra que vegetais geneticamente modificados poderiam até mesmo trazer efeitos benéficos para o coração das pessoas.

Investigadores britânicos dizem ter descoberto um modo de produzir legumes geneticamente alterados, contendo óleos que são benéficos para o coração. Estes óleos são chamados de ácidos graxos omega-3 e omega-6.

Os ácidos graxos omega-3 são achados comumente em peixes de águas frias como atum e o salmão, enquanto que os ácidos graxos omega-6 são encontrados em certos óleos de planta como canola e óleos de oliva. Estes ácidos graxos são capazes de melhorar os níveis do chamado "bom colesterol", sendo capazes de reduzir o risco de doenças cardíacas.

Segundo os pesquisadores, o fato destes ácidos serem capazes de serem produzidos por plantas transgênicas pode ser uma descoberta importante na busca continuada de fontes sustentáveis alternativas de óleos capazes de melhorar os níveis do colesterol dos seres humanos.

Fonte: Nature Biotechnology, edição on-line, 16 de maio de 2004.

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: