Publicidade

Notícias de saúde

Doenças cardiovasculares ameaçam países em desenvolvimento

03 de Maio de 2004 (Bibliomed). As doenças cardiovasculares são um importante problema de saúde pública em países em desenvolvimento do que previamente era conhecido, particularmente em pessoas mais jovens, diz um relatório publicado na semana passada semana.

O relatório combinou estimativas populacionais de cinco países - Brasil, África do Sul, a república russa do Tatarstão, Índia, e China - com os índices de mortalidade e dados da mão-de-obra para calcular os efeitos da doença cardiovascular na sociedade e na força de trabalho.

Os resultados da análise demonstraram que a doença cardíaca e o acidente vascular cerebral (derrame cerebral) são ameaças mais urgentes à saúde global do que previamente se acreditava. Uma estimativa conservadora mostrou que pelo menos 21 milhões de anos de vida produtiva futura se perdem a cada ano nos cinco países, por causa da doença cardiovascular. As predições futuras são ainda mais perturbadoras, com o número estimado para atingir a 34 milhões de anos de vida perdidos em 2020.

Foi verificado que a mortalidade por doença cardiovascular entre pessoas em idade de trabalho na Índia, África do Sul, e Brasil é uma vez e meia a duas vezes maior do que nos Estados Unidos.

O relatório pode ser obtido no endereço http://www.earthinstitute.columbia.edu/news/2004/images/raceagainsttime_FINAL_0410404.pdf

Fonte: The Earth Institute at Columbia University

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: