Publicidade

Notícias de saúde

Há espaço para religião e fé na prática médica?

29 de Março de 2004 (Bibliomed). Na semana passada, um artigo publicado na revista The New England Journal of Medicine abordou a delicada questão que envolve a fé e a religião no contexto da prática médica. Jerome Groopman, médico oncologista do Beth Israel Deaconess Medical Center e da Harvard Medical School, em Boston - EUA, descreve suas experiências e os dilemas que enfrentou ao acompanhar casos como o de Anna Angelo (nome fictício), paciente de 71 anos vítima de câncer generalizado, com mau prognóstico.

Além de ter representado um desafio para prática clínica do autor, a paciente suscitou reflexões acerca do papel da religião e da fé, como elementos indissociáveis da espiritualidade de médicos e pacientes, ao pedir ao médico que orasse por ela, pedindo a Deus que desse aos seus médicos Sabedoria, para poder curá-la.

O Dr. Groopman analisou a questão da relação entre as orações e os tratamentos médicos – ele lembrou que é muito fácil para os médicos se esquecerem da religião, ao conviverem, principalmente em oncologia, tão de perto com a morte. Mas para os pacientes a fé do médico fala diretamente a seus corações e mentes.

Fonte: New England Journal of Medicine, Volume 350:1176-1178, March 18, 2004

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: