Publicidade

Notícias de saúde

Tabagismo aumenta a incidência do câncer colo-retal

11 de Dezembro de 2003 (Bibliomed). O hábito de fumar cigarros e à existência de um familiar já atingido anteriormente pela doença está diretamente relacionado a um aumento no risco da ocorrência do câncer colorretal. Isso é o que informa um novo artigo publicado ontem na revista JAMA – Journal of the American Medical Association.

No estudo, uma equipe de investigadores norte-americanos examinou 3.121 pacientes de mais de 50 anos (96,8 por cento de homens) sem sintomas de câncer. Ao verificarem que em 329 deles havia a presença de tumor canceroso no cólon e no reto (partes do intestino grosso), os pesquisadores concluíram que o risco de câncer colorretal aumentava em 85 por cento nos fumantes.

O fator de risco na origem de tumores é também 66 por cento maior em quem tem um familiar próximo já atingido anteriormente pela doença.

Já o consumo de alimentos com muitas fibras, como cereais e a ingestão de vitamina D parecem diminuir os riscos de câncer colorretal em 5 e 6 por cento. Outros fatores marginais que reduzem o risco de surgimento deste tipo de tumores são a atividade física e a ingestão de alimentos, como sucos e vitaminas.

Assim, em relação à prevenção, os pacientes que tenham uma predisposição familiar para este tipo de cânceres devem ser orientados a deixar de fumar e que pratiquem exercícios, além de ingerirem alimentos saudáveis e com grande quantidade de fibras.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: