Publicidade

Notícias de saúde

Adesivo de estrógeno parece ter menores riscos para causar trombose venosa

29 de Setembro de 2003 (Bibliomed). Um adesivo de estrógeno pode ser melhor do que o uso do medicamento por via oral. É o que indica um novo estudo publicado na semana passada na revista Arteriosclerosis Thrombosis and Vascular Biology.

Segundo pesquisadores australianos, autores do novo estudo, a terapia de reposição hormonal (TRH) com estrógenos aumenta sabidamente o risco de coágulos sanguíneos (trombos) no interior das veias. Entretanto, o estrógeno administrado através de um adesivo transdérmico não tem um efeito tão negativo.

No estudo, 196 mulheres em período pós-menopausa foram designadas para receber um adesivo contendo placebo, ou adesivo com estrógeno, ou ainda, estrógeno por via oral. Os tratamentos foram mantidos por seis meses.

Os resultados da pesquisa indicaram que a TRH por via oral alterou significativamente a dosagem de um componente do sangue conhecido como proteína C ativada que regula um fator de coagulação, a trombina. Já a TRH por via transdérmica não levou a tal grau de alteração. Além disso, após seis meses de tratamento, os marcadores de atividade da coagulação do sangue se encontravam significativamente mais elevados com o uso do estrógeno oral do que nos grupos que usavam adesivos com estrógeno transdérmico ou com placebo transdérmico.

Os autores concluíram que a pesquisa fornece uma forte evidência da existência de um menor risco de trombose venosa no caso da utilização do adesivo de estrógeno ao invés do medicamento por via oral.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: