Publicidade

Notícias de saúde

Nova combinação de medicamentos dobra a expectativa de vida em portadoras de câncer de mama

25 de Setembro de 2003 (Bibliomed). De acordo com dados de 2000 da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 8 a 9% das mulheres irão desenvolver câncer de mama durante a vida. A cada ano, mais de um milhão de novos casos serão diagnosticados em todo o mundo, com uma taxa de mortalidade perto de 400.000 pacientes por ano.

Agora, um novo estudo apresentado ontem na Conferência Européia de Câncer – European Cancer Conference (ECCO) – em Copenhague, mostra que a combinação de dois medicamentos anticâncer - Herceptin® (trastuzumab) e Taxotere® (docetaxel), praticamente dobra o tempo de sobrevida média de mulheres portadoras da forma mais agressiva do câncer de mama (HER2-positivo).

De acordo com os resultados apresentados na Conferência, mulheres portadoras de câncer de mama HER2-positivo tratadas com a combinação Herceptin/docetaxel sobreviveram, em média, 24 meses em relação aos 13 meses constatados com o uso isolado de docetaxel. Além disso, as pacientes tratadas com esta combinação tiveram uma taxa de resposta de 61%, comparado a apenas 36% das pacientes que receberam docetaxel isolado. Estas taxas de sobrevida e de resposta apresentam alta significância estatística na evolução do tratamento à doença.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: