Publicidade

Notícias de saúde

Proteção contra o câncer através dos hábitos alimentares

31 de Julho de 2003 (Bibliomed). Você conhece a palavra nutracêutico? Embora pouco usada pelos leigos, ela significa alguma substância que pode ser um alimento ou parte dele e que tem a capacidade comprovada de proporcionar benefícios à saúde (ou medicinais) como a prevenção e tratamento de doenças.

Um alimento nutracêutico estremamente importante são amoras pretas, que deveriam fazer parte de nossa alimentação diária. É muito rica em nutrientes funcionais, carotenoides, com um alto poder antioxidante na prevenção de doenças crônico-degenerativa, como afirma o professor Durval Ribas Filho, professor da Faculdade de Medicina de Catanduva e do CEAPS / USP e presidente da ABRAN – Associação Brasileira de Nutrologia.

Alho, cebola e cebolinha verde, nozes e cereais integrais são alguns deles, mas o vinho tinto e o suco de uva também possuem substâncias poderosas. Mas quem merece destaque nessa galeria de alimentos é o tomate que cada vez mais recebe atenção dos especialistas por causa de um de seus componentes, o licopeno ligado diretamente à redução do risco de câncer de próstata.

O licopeno é o carotenóide mais abundante na glândula prostática (0,8 mmol/g peso neto), embora sua maior concentração seja nos testículos (4,34-21,36 mmol/g peso neto). Estudos freqüentes demonstram que a ingestão do tomate (ou à base dele) garante menores chances de desenvolvimento de câncer de próstata avançado e também salientaram fortes associações para cânceres de estômago e de pulmões.

Mas é importante ressaltar que os níveis de licopeno no sangue também são influenciados pela idade, sexo, índice de massa corporal, funcionamento hormonal, níveis de gordura no sangue e consumo de fumo e de álcool.

A tabela abaixo mostra alguns alimentos e seus conteúdos em licopeno:

Alimento Licopeno (micrograma/g peso neto)
Molho de pizza  127,1
Ketchup 99,0 - 134,4
Sopa de tomate 79,9
Massa de tomate 54,0 - 1500,0
Molho de tomate 62,0
Suco de tomate 50,0 - 116,0
Tomates cozidos 37,0
Tomate fresco 8,8 - 42,0
Goiaba vermelha 54,0
Melancia 23,0 - 72,0
Mamão papaia 20,0 - 53,

Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, um terço dos 10 milhões de novos casos de câncer diagnosticados por ano (o de próstata, por exemplo, manifesta-se em 80% a 90% dos homens depois dos 40 anos de idade) poderia ser curado se o diagnóstico fosse feito no início.

Em todos os relatórios da OMS é reforçada a importância das campanhas antifumo e que incentivem hábitos saudáveis como uma alimentação equilibrada e saudável. O médico nutrólogo, Dr. Carlos Alberto Werutsky recomenda: "Cores variadas de frutas e hortaliças constituem uma indicação saborosa e eficiente. A natureza oferece, também na cor, os ingredientes ativos ou nutracêuticos que precisamos muito".

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: