Publicidade

Notícias de saúde

Futuro da vacina para a Doença de Alzheimer será discutido no próximo mês na Inglaterra

21 de Maio de 2003 (Bibliomed). A Doença de Alzheimer é um das doenças mais temíveis. Os parentes dos pacientes freqüentemente a descrevem como a enfermidade que lentamente "apaga as luzes no cérebro". O declínio subseqüente na memória tem um efeito devastador na vida normal dos pacientes. Freqüentemente, o primeiro sinal é um declínio notável na memória de curto prazo, como esquecer por que você está a prestes a telefonar urgentemente para alguém. A perda de memória a longo prazo ocorre mais lentamente. E como as pessoas estão vivendo mais tempo, o número afetado de pacientes está subindo continuamente.

Um estudo clínico de uma vacina - que poderia prevenir e até mesmo poderia inverter as mudanças precoces que conduzem a perda de memória e problemas do aprendizado - deverá ser reiniciado dentro de um ano. O estudo, que envolve 300 pacientes na Inglaterra, em outros países europeus e na América, foi suspenso temporariamente quando 12 pacientes ficaram seriamente doentes com encefalite, um tipo de inflamação do cérebro. Tudo os pacientes se recuperaram, e os pesquisadores estão agora esperançosos de terem solucionado o problema.

Quando introduzida mais de dois anos atrás, a vacina atraiu grande interesse. Testes em camundongos demonstraram que ela estimulou o desenvolvimento de anticorpos, levando a uma proteção da córtex cerebral.

No próximo mês especialistas europeus irão se reunir na Inglaterra para a segunda conferência "Os assuntos do cérebro - o declínio é inevitável?” , onde serão discutidos este assunto e outros mais, relativos à Doença de Alzheimer.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: