Publicidade

Notícias de saúde

Ministério da Saúde Deve Lançar Campanha Sobre Diabetes

O Ministério deve lançar durante os meses de outubro ou novembro, uma campanha com o objetivo de detectar o problema de diabetes junto à população do país. Este trabalho terá como finalidade envolver os postos de saúde e hospitais de todo o país.

Segundo informações do Ministério da Saúde, serão comprados mais de 20 mil aparelhos específicos para detectar o problema, o chamado de glicosímetros. Com os aparelhos, que serão usados nos locais a serem definidos, será possível medir o nível de açúcar no sangue e os resultados ficarão prontos na mesma hora. Além disso, o Ministério providenciará o treinamento de várias pessoas para usar estes aparelhos, como também, tratar aqueles que apresentarem alto grau de glicose.

Atualmente a diabetes é considerado como uma das principais doenças crônicas que afetam o homem moderno, acometendo indistintamente a todos as classes sócio-econômicas. É um problema universal de saúde, afetando populações dos países em todos os estágios de desenvolvimento. A importância do diabetes como problema de saúde de uma maneira geral é subestimada não sendo visualizada sua imagem ameaçadora, tanto pelos próprios portadores de doença como pelos familiares e autoridades sanitárias.

Hoje se observa um número crescente de casos de complicações crônicas da doença causando importantes repercussões para o sistema de saúde elevando os custos para seu controle. O controle adequado poderia retardar, ou até prevenir o aparecimento de várias dessas complicações.

O diabetes mellitus, é uma endemia de progressões crescentes. Em 1996 existia 30 milhões de diabéticos nas Américas, mais de um quarto do total de casos no mundo. Até o ano 2010, o número de casos nas Américas deverá crescer para 45 milhões, levando em conta o envelhecimento demográfico da população e as tendências relativas aos fatores de risco subjacentes como stress, obesidade, sedentarismo, etc., que estão relacionados com o processo de modernização.

Fato que vem acontecendo em todos os países, principalmente os que se encontram em desenvolvimento. No Brasil, o diabetes mellitus já atinge 7,6% da população entre 30 e 69 anos, resultado de um estudo multicêntrico sobre prevalência do diabetes mellitus no Brasil.

Vários especialistas destacam pontos considerados marcantes no que diz respeito ao quadro da diabetes. Um quinto dos diabéticos conhecidos não realizam tratamento, acontece grande desinformação, tanto dos pacientes como dos profissionais da área de saúde; grande número de diabéticos procura assistência médica já com algum tipo de complicação crônica da doença; alta mortalidade entre os diabéticos do tipo 1.

Além disso, existe ainda um desconhecimento da verdadeira dimensão dos diabetes em termos de risco agudo e crônico, como também, uma resistência quanto ao uso de insulina, tanto por parte dos médicos quantos dos pacientes no quais o seu uso é indicado, somado a outros fatores como o alto índice de casos não diagnosticados, a inexistência de centros e programas de educação e assistência ao diabético.

Um maior conhecimento da doença, o aprendizado de habilidades técnicas (aplicação de insulina, glicemia capilar, glicosúrias), a aquisição de hábitos mais saudáveis e a identificação das dificuldades pessoais contribuem a um controle mais adequado, diminuindo o número de complicações e o número de internações.

Trabalhos conjuntos com outras especialidades médicas como oftalmologia, ortopedia, angiologia, obstetrícia, psicologia, enfermagem, nutrição, fisioterapia, integrando a equipe com os pacientes para abordagem de questões individuais e a participação dos diabéticos junto aos familiares e a sociedade contribuem em muito para a saúde do diabético.

A campanha terá alcance nacional e deve se estender durante um mês. O Ministério da Saúde já abriu um processo de licitação para aquisição dos glicosímetros.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: