Publicidade

Notícias de saúde

Medicamento pode prevenir doenças cardiovasculares, garantem especialistas

26 de Julho de 2002 (Bibliomed). Por causa do número cada vez maior de vítimas jovens, a idade para o início da prevenção de doenças cardíacas e derrame cerebral passou dos 40 para os 20 anos. Os cuidados incluem alimentação saudável, prática regular de exercícios, abandono do cigarro e, em casos de pacientes de risco (aqueles que apresentam pressão alta, colesterol alto, diabetes, tabagismo, stress, sedentarismo, obesidade ou idade avançada) uso de medicamentos. A Associação Americana do Coração divulgou no último dia 16 que, mesmo com pressão controlada e hábitos saudáveis, os pacientes de risco devem consumir um medicamento que pode prevenir uma complicação cardiovascular: o ramipril. O medicamento inibe a enzima conversora da angiotensina (ECA) e a formação das placas ateroscleróticas na parede dos vasos sanguíneos e dá estabilidade às placas já existentes.

"Em pacientes com alto risco, como aqueles que já tiveram um infarto do miocárdio ou um acidente vascular cerebral, ou eram diabéticos com mais um fator de risco, a prescrição de ramipril, um inibidor da ECA de ação prolongada, reduziu a incidência de complicações cardiovasculares graves em 22%. Especificamente nos casos de derrame cerebral houve uma redução de mais de 30%", afirmou o diretor do Serviço de Prevenção e Reabilitação do Instituto do Coração de São Paulo (Incor), Antonio Carlos Pereira Barretto, autor do livro "Prevenção de Complicações Cardiovasculares", que foi baseado no Estudo HOPE (Heart Outcomes Prevention Evaluation), realizado em 267 centros médicos da América do Norte, Europa e América do Sul, envolvendo pacientes com idade acima de 55 anos, que foram acompanhados durante cinco anos. "A grande dificuldade em convencer o paciente a fazer o tratamento de prevenção é que o resultado só vai aparecer a longo e médio prazo", acrescentou Barretto.

O acidente vascular cerebral (AVC) é hoje uma das principais causas de morte e de invalidez em todo o mundo. No Brasil, conforme dados do Datasus de 1997, o derrame foi a principal causa de morte, ultrapassando a doença coronária.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: