Publicidade

Notícias de saúde

Faltam Medicamentos Para Leucemia em Minas Gerais

Está faltando em Belo Horizonte, os medicamentos Citarabina e 6-Mercaptopurina conhecida das marcas Aracythin e Puriethol, drogas consideradas essenciais para o tratamento de leucêmicos. Com isto, o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais começa a buscar junto aos hospitais de outras cidades do país, os medicamentos necessários ao tratamento oncológico de vários pacientes.

A baixa dos estoques dos medicamentos aconteceu, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, devido às falhas na organização do SUS- Sistema Único de Saúde. De acordo com a Secretaria, o problema de medicamentos significa mais um problema no SUS, além da pouca integração entre os hospitais e os postos de saúde.

No tratamento desta doença estão incluídos os procedimentos de alta complexidade cobertos pelo SUS, o que de acordo com a rede hospitalar, os valores previstos na tabela de pagamentos do governo nem sempre cobrem as despesas, em especial, nos casos considerados mais graves. Na tentativa de evitar o prejuízo, os hospitais e serviços geralmente não atendem os pacientes. Além disso, os pacientes contam com a falta de estrutura e recursos no interior do Estado e o excesso de atendimento dos serviços públicos que atendem os casos de cânceres. Atualmente este tipo de atendimento é feito pelo Hospital das Clínicas, Santa Casa e pelos hospitais Felício Rocho e Baleia.

O Hospital das Clínicas tem ainda como proposta na tentativa de resolver a situação realizar uma negociação com os gestores do SUS para a ampliação das cotas de atendimento aos pacientes com leucemia, como também, tentar uma revisão dos valores de pagamento da tabela considerada oficial.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: