Publicidade

Notícias de saúde

Índios brasileiros terão saúde monitorada em rede

03 de Junho de 2002 (Bibliomed). Todas as informações sobre as populações indígenas, inclusive a respeito das condições de saúde, serão reunidas em um banco de dados coordenado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), órgão executivo do Ministério da Saúde.

Um novo programa, chamado Sistema de Informação da Atenção à Saúde Indígena (Siasi), está sendo implantado pelo governo federal. A intenção é aprimorar o acompanhamento da situação da saúde dos índios e agilizar ações de combate, controle e prevenção de doenças. Entre os dados coletados pelo sistema devem constar taxas de mortalidade e cobertura vacinal, condições de saúde bucal e saneamento básico nas aldeias.

Este mês, 284 técnicos receberão treinamento para aprender a organizar as informações coletadas e repassa-las para a rede. A Funasa pretende colocar o sistema em operação até agosto, interligando cada um dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dsei) existentes no Brasil à sede do órgão, em Brasília.

Mais de vinte profissionais foram treinados em Cuiabá, Mato Grosso, para iniciar os trabalhos. Esses instrutores ficarão responsáveis por repassar o conhecimento adquirido para os agentes indígenas de saneamento (Aisans) e os técnicos de saneamento em áreas indígenas (Tsais). São os Aisans que fazem o monitoramento dos sistemas de água e esgoto existentes nas aldeias e orientam a população local quanto à prevenção de doenças transmissíveis por meios hídricos.

A estruturação do Siasi teve início no final de 1999, após realização de um censo detalhado sobre a população indígena no Brasil. Foram identificados e separados por faixa etária, sexo, etnia, língua e residência mais de 373 mil índios que habitam pontos distintos do território brasileiro. O cadastramento facilitará, inclusive, o processo de reconhecimento pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

Este ano, a Funasa implantou redes de abastecimento de água e melhorias sanitárias domiciliares em cerca de 700 aldeias indígenas. O gasto do governo federal com ações de saneamento em áreas indígenas, no ano passado, foi contabilizado em mais de R$ 30,6 milhões.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: