Publicidade

Notícias de saúde

Suco congelado têm mais vitamina C

03 de Maio de 2002 (Bibliomed). Dentre os sucos de laranja industrializados, aqueles produzidos sob forma de concentrados congelados contém mais vitamina C quando consumidos do que aqueles produzidos como sucos prontos para beber, segundo pesquisadores americanos. Além disto, estes sucos mantém seus níveis de vitamina C por mais tempo após serem reconstituídos.

Esta descoberta é importante, já que existe preocupação com a forma de conservação das vitaminas nos alimentos de origem natural que são industrializados. Os pesquisadores observaram que os sucos em versão concentrada congelada possuem a mesma quantidade, mesmo um pouco mais, de vitamina C do que os sucos prontos para beber vendidos em embalagens descartáveis, e a vitamina C destas versões prontas para beber é destruída mais facilmente com o tempo.

Os pesquisadores, liderados pela Dra. Carol S. Johnston da Arizona State University East em Mesa, examinaram amostras de diferentes marcas de sucos de laranja vendidos sob forma congelada e sob forma pronta para beber. Dentre estes últimos os pesquisadores incluíram versões não provenientes de concentrados, versões pasteurizadas e provenientes de concentrados não pasteurizadas.

As quantidades do tipo de vitamina C facilmente absorvível pelo corpo caíram em média 2% ao dia, segundo os pesquisadores. Contudo, os pesquisadores observam que as versões prontas para beber perdiam muito mais vitamina C biodisponível durante este período do que as versões congeladas.

Segundo os padrões de queda dos níveis de vitamina C, os pesquisadores concluíram que as versões prontas para beber perdem muito de sua vitamina C utilizável – queda de 25% a 39% - durante o tempo entre a compra e o consumo efetivo do produto. Os pesquisadores observam que o processo de pasteurização – utilizado para destruição das bactérias – faz com que as versões prontas para beber tenham menos vitamina C quando vendidas devido à destruição imediata da vitamina C pelo calor.

Outro fator agravante para a perda da vitamina C nos produtos é o tipo de embalagem. Os sucos prontos para beber geralmente são embalados em embalagens de plástico encerado, e estas tornam a vitamina C dos sucos muito mais vulnerável à destruição por contato com o ar ao longo do tempo, ao contrário do que ocorre nos sucos concentrados.

A queda dos níveis de vitamina C ocorre, nas versões prontas para beber, após cerca de um mês da embalagem e aumenta após a abertura da embalagem. Os pesquisadores, então, recomendam que este tipo de suco seja comprado 3 a 4 semanas antes da data de vencimento impressa na embalagem e consumido em até uma semana após a abertura do envase. Mesmo assim, a quantidade de vitamina C no tipo congelado é maior, mas o consumidor pode preferir a versão pronta por comodidade.

As vitaminas são substâncias essenciais ao organismo para regulação dos processos metabólicos, e não são produzidas pelo nosso organismo. Logo, devem ser adquiridas na dieta, em quantidades diárias. Algumas vitaminas são solúveis em gorduras – lipossolúveis – e têm o potencial de se acumular em nosso organismo, formando reservas ou mesmo causando problemas se ingeridas em quantidade exagerada. Outras são solúveis em água – hidrossolúveis – e, se ingeridas em excesso, não se acumulam. Por outro lado, as vitaminas hidrossolúveis devem ser ingeridas todos os dias para garantir o desempenho das funções que dependem delas.

A vitamina C é uma vitamina do tipo hidrossolúvel – solúvel em água – presente em vários alimentos, como frutas cítricas, legumes e verduras frescas e outros. É sensível ao calor e à oxidação pelo ar. Existe grande preocupação com os níveis de vitamina C consumidos, já que esta é uma vitamina antioxidante, ou seja, protege contra radicais livres produzidos pelo corpo.

A melhor forma de se ingerir vitaminas, especialmente a vitamina C, é através dos alimentos. Uma dieta balanceada é capaz de suprir as necessidades de vitaminas e sais minerais de uma pessoa normal, e o consumo de vitaminas industrializadas deve ser desencorajado, a não ser que seja recomendado por um médico em situações clínicas especiais.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: