Publicidade

Notícias de saúde

Bactéria da gastrite pode ser transmitida de mãe para filho

10 de Abril de 2002 (Bibliomed). A bactéria Helicobacter pylori, responsável pela maior parte dos casos de gastrite e úlcera, é transmitida de mãe para filho em famílias de baixo poder aquisitivo ou que vivem em más condições de higiene. A conclusão é de pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A infecção acomete principalmente crianças de até 5 anos e atinge cerca de 40% dos moradores de São Paulo.

Em sua dissertação de mestrado, Mario Luiz Escobar analisou 38 crianças e 112 familiares e constatou que, em 81% dos casos de contaminação, as mães dos pacientes também estavam infectadas pela bactéria. Entre as crianças não contaminadas, o índice foi bem menor: 20%. “Há uma fonte comum de infecção e a transmissão pode se dar pela água e também pelo beijo materno”, explica o pesquisador.

Outra cientista da Unifesp, Litza Neves Araf, concluiu que a incidência da bactéria é maior entre os jovens de menor poder aquisitivo. Ela analisou 196 estudantes, entre 11 a 16 anos, de uma escola pública de São Paulo. Nas famílias com renda mensal de até três salários mínimos, 55% dos jovens estavam contaminados pela bactéria Helicobacter pylori. Já nas famílias com renda superior a seis salários mínimos, o índice baixou para 16%.

De acordo com a professora Elisabete Kawakami, que orientou os dois trabalhos científicos, a contaminação pela bactéria Helicobacter pylori não provoca necessariamente uma doença gástrica, mas representa um risco maior de desenvolvimento de gastrites, úlceras e até mesmo de câncer, especialmente quando acomete crianças.

Dados do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos indicam que o câncer do estômago ocupa o segundo lugar mundial na incidência da doença, só perdendo para o câncer de pulmão. No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) calcula que só no ano passado 22 mil pessoas desenvolveram a doença. Metade delas deve ter morrido.

O aparecimento do câncer de estômago está relacionado com uma alimentação pobre em vitaminas A e C, carnes e peixes, ou ainda ao consumo exagerado de alimentos salgados, conservas e carnes defumadas. Fumantes, que ingerem bebidas alcoólicas, também apresentam maior probabilidade de desenvolver esse tipo de câncer.

Enquanto os cientistas não descobrem uma vacina para conter a ação maléfica da bactéria Helicobacter pylori, o melhor é prevenir-se. Uma dieta balanceada, composta de vegetais crus, frutas cítricas e alimentos ricos em fibras, é a melhor opção. É importante também combater o tabagismo e o excesso de bebidas alcoólicas.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: