Publicidade

Notícias de saúde

Marcas Próprias Possibilitam Medicamentos Mais Baratos

O varejo farmacêutico já começa a investir em marcas próprias. Um fato que se torna uma realidade no Brasil e que pode favorecer os consumidores na aquisição de medicamentos mais baratos.

No Brasil várias redes como a Drogasul, no estado de São Paulo; Drogamed, no Paraná; Araújo em Minas e Panvel no Rio Grande do Sul já começam os primeiros passos para trabalhar este novo nicho de mercado. Assim, dá início a uma nova demanda para os laboratórios e indústria farmacêutica.

As farmácias agora interessadas na criação de suas próprias marcas se concentram ainda nos produtos de higiene pessoal, como os xampus, loções de limpeza, condicionadores e protetores solares e de farmácia básica, como o mercúrio cromo, água oxigenada, bicarbonato de sódio e soro fisiológico, por exemplo. Segundo a Abrafarma – Associação Brasileira de Farmácias, atualmente os produtos de higiene pessoal correspondem por 21% das vendas no setor, que movimentou em torno de R$ 14 milhões, no último ano.

Com os preços 30% menores que as marcas tradicionais, os produtos de marca própria estão transformando em uma nova arma na tentativa de manter clientes e garantir maior espaço no mercado. Essa redução de preços dos grandes distribuidores pode chegar aos 35% quando comparados aos preços praticados nas vendas individuais para as farmácias. Além disso, essa nova situação representa também um bom negócio para as indústrias de produtos hospitalares que fabricam para terceiros, em função do volume pedido.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: