Publicidade

Notícias de saúde

Psicólogos brasileiros comemoram o fim dos manicômios

São Paulo, 18 de Maio de 2001 (eHealthLA). Para o Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP SP), o dia de hoje, Dia Nacional da Luta Antimanicomial, além de comemorar a aprovação da Lei Paulo Delgado (sancionada no último dia 7 de abril), que prevê o fim dos manicômios e garante a criação de lares abrigados, servirá ainda para conscientizar a sociedade de que a exclusão não é o melhor caminho para cuidar dos pacientes.

"Nosso esforço é no sentido que criar uma consciência cidadã, fazendo com que a sociedade aprenda a conviver com o diferente. Este ano é um marco na história da luta antimanicomial no Brasil, pois foi aprovada a lei que determina o fim desse tipo de instituição", ressalta Odair Furtado, vice-presidente do CRP SP.

Para os psicólogos o Movimento da Luta Antimanicomial deve continuar se esforçando para que a nova lei seja regulamentada e para que se consiga a infra-estrutura necessária para o bem-estar dos portadores de sofrimento mental.

Essa estrutura seria composta por diversos recursos hospitalares, com perfil adequado para atender a diferentes estágios da doença mental.

De acordo com Furtado, uma rede integrada por Hospital-Dia, Ambulatório de Saúde Mental, Centro de Atenção Psicossocial e Centros de Convivência/Lazer ofereceria condições mais apropriadas de tratamento, o que hoje não é permitido pelos hospitais psiquiátricos tradicionais.

"O Estado de São Paulo, por exemplo, já iniciou processo de desabilitação dos hospitais psiquiátricos. A aprovação da lei desagradou muitos proprietários dessas instituições, que ganhavam muito dinheiro com a internação permanente de pacientes pelo SUS", explica Furtado.

Programação comemora a data

Para lembrar a data, uma série de eventos foram programados pelo Fórum Paulista de Saúde Mental, do qual o CRP SP faz parte, no Centro Cultural São Paulo (rua Vergueiro, 1000 – São Paulo).

A programação inclui a Exposição fotográfica: "Incluindo para a Cidadania" e "Arquitetura da Conformação: o espaço constituindo as relações", que vai até o dia 19. E na sexta-feira, dia 18, o público poderá assistir ao Psicodrama Público: Cuidando em Liberdade Já!, com coordenação do Grupo Extramuros de Psicodrama, que acontecerá às 12 horas, na Praça Ramos de Azevedo.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: