Publicidade

Notícias de saúde

Fazer refeições durante o trabalho pode ser um péssimo hábito

São Paulo, 10 de Abril de 2001 (eHealthLA). Falta de tempo, prazos a cumprir e muita correria. Normalmente é assim a vida de quem se alimenta enquanto trabalha. Esse indivíduo que corre contra o tempo provavelmente não pensa nas conseqüências desse hábito à saúde.

Segundo a nutricionista paulista Márcia Daskal Hirschbruch, essa pressa vai contra o processo digestivo, já que a mastigação é uma das fases mais importantes. “Os alimentos começam a ser digeridos na boca, com a ajuda das enzimas digestivas presentes na saliva.

Quando não se mastiga direito, essa primeira etapa da digestão é prejudicada. Normalmente, quem se alimenta rápido engole pedaços de comida”, explica Márcia.

Moleza e Sono

Quanto maior o alimento engolido, mais suco gástrico é necessário para digeri-lo. Isso causa o aumento do PH do sangue, que fica mais alcalino.

A reação seguinte é a moleza e o sono. Segundo os nutricionistas, o ideal é se alimentar durante uma pausa de 15 a 20 minutos, num lugar adequado, e não em frente ao computador, por exemplo.

“Quando sentir fome no trabalho troque as besteiras por alimentos nutritivos e de fácil digestão, como iogurtes, barras de cereais, biscoitos integrais, frutas, sanduíches naturais, frutas secas e sucos de caixinha, que são mais práticos.

Dá para se alimentar bem em qualquer situação, sem perder o prazer de comer. Isso não é difícil nem custa mais. Numa dieta saudável cabem todos os seus alimentos prediletos”, ensina a nutricionista.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: