Publicidade

Notícias de saúde

Polícia Espanhola Apreende Ração Ilegal e 7 São Presos

Por Jess Smee

MADRI (Reuters)
- A polícia espanhola, na tentativa de conter a doença da vaca louca, disse na quinta-feira que prendeu sete pessoas e apreendeu 500 toneladas de ração animal ilegal, enquanto agricultores tomam as ruas para exigir mais compensações.

"O número de infrações da lei (contra a doença da vaca louca) está em torno de cem por dia", disse Manuel Silos Pavon, chefe da Seprona, o setor de proteção ambiental da polícia civil espanhola.

Em entrevista à imprensa, Silos Pavon disse que a polícia registrou mais de 4.000 irregularidades, incluindo depósitos de restos de carcaças de animais, venda ilegal de ração contendo substâncias animais, e falsificação de documentos.

Quase dois terços dos matadouros, fazendas e intermediários investigados haviam violado a lei, disse a Seprona em nota.

A rádio Cadena Ser informou na quinta-feira a existência de um caso suspeito da forma humana da encefalopatia espongiforme bovina, também chamada de nova variante da doença de Creutzfeldt-Jacob, que poderia representar o primeiro caso da doença fatal no país.

No começo desta semana, a Espanha confirmou cinco novos casos da doença da vaca louca, o que eleva para 17 o número de cabeças de gado afetadas pela encefalopatia espongiforme bovina (BSE), que está se proliferando Europa afora.

As autoridades espanholas admitem que enfrentam um problema crescente: dar fim às 180 mil cabeças de gado que serão sacrificadas nos próximos meses.

Carcaças em decomposição foram encontradas em várias regiões da Espanha.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2001 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: