Publicidade

Notícias de saúde

Epidemia de Cólera se Alastra na África do Sul

Por Ed Stoddard

JOHANNESBURGO (Reuters)
- A epidemia de cólera na África do Sul, que já matou cem pessoas em uma única Província, deve piorar, disseram autoridades na quinta-feira.

"A cólera deve se alastrar nos próximos meses e mais regiões de KwaZulu-Natal certamente serão afetadas", disse o Departamento de Saúde da Província em uma declaração.

O departamento informou que o número de mortos na Província oriental, a região mais afetada do país, era de cem pessoas, com seis mortes registradas nas últimas 24 horas. O surto foi detectado em agosto do ano passado.

O índice de mortalidade na província é de 0,24 por cento, de acordo com o departamento. Houve mais de 42 mil casos registrados.

"Os próximos dois ou três meses representam a temporada de cólera, e um declínio só pode ser esperado em meados ou no final do outono (abril)", disse o órgão.

"Fortes chuvas são esperadas em KwaZulu-Natal, e isso provavelmente vai piorar a situação", acrescentou.

Autoridades disseram que vários ministros reuniram-se na quinta-feira com governos e representantes da Saúde locais para discutir os próximos passos no combate à doença.

As nove províncias do país estão realizando exames regulares de fontes de água e fazendo levantamentos de domicílios com pessoas infectadas. Também está sendo feito um trabalho para identificar regiões com maior risco.

A cólera também está se espalhando para outros países da região. A Organização Mundial da Saúde (OMS) está organizando uma reunião de Estados africanos em março, a fim de redigir um plano para deter a doença.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2001 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: