Publicidade

Notícias de saúde

Estabelecer e Atingir Metas é Fundamental Para Felicidade

26 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). Pessoas presas a uma espiral descendente de infelicidade podem ser capazes de alterar seu curso simplesmente fazendo "aquilo que acreditam, aquilo que lhes interessa ou ambos", sugeriram dois pesquisadores da Universidade de Missouri e de Columbia.

Estabelecer metas que se adaptem à personalidade -- objetivos próprios -- e resistir à tentação de fazer algo que pareça uma obrigação é a chave da busca pela felicidade, informaram os pesquisadores.

A idéia de que as pessoas podem se sentir felizes permanentemente é polêmica, disse o autor do estudo, Kennon M. Sheldon. Por exemplo, algumas teorias genéticas propõem que se pode flutuar acima e abaixo de um ponto de felicidade hereditário, mas sempre voltará para aquele ponto, explicou o pesquisador.

"Nossos novos dados sugerem que não é assim. As pessoas podem se tornar mais felizes ao atingir as próprias metas", disse Sheldon.

Em dois estudos envolvendo estudantes universitários, Sheldon e Linda Houser-Makro verificaram que os estudantes que estabeleceram suas próprias metas foram mais propensos a alcançar seus objetivos e aumentaram a sensação de bem-estar e felicidade.

Metas listadas pelos universitários incluíram obter boas notas se envolver em organizações estudantis e não ganhar peso.

Poucos estudantes demonstraram um aumento mais profundo no bem-estar durante a segunda fase do estudo, observaram os autores na edição de janeiro do Journal of Personality and Social Psychology.

"Uma pessoa não pode subir a espiral indefinidamente, mas pode conseguir um nível maior de felicidade e manter-se nele se selecionar metas apropriadas e continuar atingindo os objetivos", disse Sheldon.

Ainda assim, os pesquisadores reconheceram os desafios que envolvem traçar metas adequadas. "É uma habilidade difícil perceber a si próprio o suficiente para saber o que é melhor -- existem muitas coisas que aparecem no meio do caminho", afirmaram os especialistas.

Para combater estas interferências, Sheldon ofereceu o seguinte conselho: "Recue, avalie e descubra o que realmente é mais importante para você e só depois comece a fazer".

"Pare de perder tempo fazendo o que você supõe que deve -- isto pode iniciar um processo positivo global", acrescentou o pesquisador.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: