Publicidade

Notícias de saúde

Ovelhas com Variante de Mal da Vaca Louca são Abatidas no PR

22 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). O governo brasileiro disse na quinta-feira que identificou e sacrificou três ovelhas importadas dos Estados Unidos infectadas com a doença da arranhadura, um distúrbio cerebral relacionado à doença da vaca louca, ou encefalopatia espongiforme bovina (BSE).

As primeiras suspeitas da presença da doença da arranhadura (também conhecida como scrapie) no país surgiram no início desse mês, mas só foram confirmadas por testes laboratoriais essa semana, disse uma porta-voz do Ministério da Agricultura, no Paraná.

"Isso aconteceu na região central do Paraná e havia três animais infectados. Mas ontem (quarta-feira) 290 animais foram sacrificados como medida de higiene", disse a porta-voz.

"A doença foi confirmada por testes laboratoriais. Levamos cerca de uma semana para ter certeza após as primeiras suspeitas da doença e todos os animais da fazenda foram sacrificados", afirmou a porta-voz.

A fazenda está localizada no município de Candói, a 350 quilômetros de Curitiba.

"Ela (a doença da arranhadura) veio de animais importados dos Estados Unidos. As lesões são as mesmas da BSE, mas não podem ser transmitidas a humanos", destacou a porta-voz.

A doença da arranhadura, um distúrbio cerebral relacionado à doença da vaca louca, é fatal em ovelhas mas não representa uma ameaça ao homem.

Os Estados Unidos já detectaram diversos casos de encefalopatias espongiformes transmissíveis (TSEs), grupo de doenças neurológicas que pode ser fatal para seres humanos e outros animais e engloba a doença da arranhadura e a doença da vaca louca. Mas, até agora, esse país não registrou casos de BSE - a doença neurológica que afeta o gado e foi encontrada na Grã-Bretanha e um outros países europeus.

Muitos cientistas acreditam que produtos de carne infectados com BSE causam a forma humana da doença da vaca louca, a nova variante da doença de Creutzfeldt-Jakob, que já matou pelo menos 80 pessoas na Grã-Bretanha e duas na França.

Além disso, os cientistas sugerem que as TSEs podem ser causadas por príons, proteínas distorcidas normalmente presentes no cérebro e outros tecidos de mamíferos. Os príons podem adquirir uma forma anormal que faz com que o cérebro fique com um aspecto esponjoso.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: