Publicidade

Notícias de saúde

Viagra parece seguro para alguns homens com doença cardíaca

NOVA IORQUE, (Reuters Health) – Embora ataques cardíacos e mortes relacionadas ao coração tenham ocorrido em homens tomando a droga anti-impotência Viagra (sildenafil), resultados de um novo estudo sugerem que a droga é segura para homens com doença cardíaca que não estejam tomando nitratos.

O Viagra não deve ser usado por homens tomando nitroglicerina ou outros nitratos, que são prescritos para dor torácica relacionada a doença cardíaca. Entretanto, em um estudo com homens portadores de doença cardíaca grave, que não estavam tomando nitratos, uma dose de Viagra não causou complicações relacionadas ao coração. Os homens não tiveram relação sexual enquanto estavam em uso da droga mas tomaram uma medicação que colocava o coração em uma situação de estresse.

Em um trabalho recente, o Dr. Howard C. Herrmann, da Universidade da Pensilvânia na Filadélfia e colaboradores, mediram os efeitos do Viagra no fluxo sanguíneo em 14 homens com doença cardíaca grave. Em todos os homens, pelo menos uma artéria que leva sangue ao coração estava com mais de 70% de oclusão. Muitos dos homens tinham fatores de risco para ataque cardíaco, incluindo diabetes, pressão alta e tabagismo.

Na maioria das medidas da pressão sanguínea e fluxo sanguíneo, o Viagra não mostrou ter qualquer efeito significativo. E nenhum dos homens no estudo teve efeitos colaterais sérios, como baixa pressão sanguínea ou dor torácica, que pudessem ser ligados ao Viagra. Os pesquisadores mediram as funções cardíaca e pulmonar dos indivíduos antes e 45 minutos depois de tomar uma dose de Viagra.

“Isto é mais uma evidência que o Viagra é uma droga segura” para pacientes de uma maneira geral e para pacientes com problemas cardíacos especificamente, disse o Dr. Herrmann à Reuters Health. Pacientes e seus médicos devem ser tranquilizados pelas notícias.

Os resultados do estudo, que foi patrocinado pelo produtor do Viagra, a Pfizer Inc. de Nova Iorque, estão publicados no The New England Journal of Medicine. De acordo com o Dr. Herrmann, há várias explicações possíveis para os ataques cardíacos e mortes que ocorreram em homens tomando Viagra. Alguns dos homens poderiam estar tomando drogas contendo nitratos, que pode levar a uma perigosa queda na pressão sanguínea quando usado em combinação com Viagra. O Dr. Herrmann também comentou que muitos homens poderiam não estar com preparo físico adequado para a atividade sexual. Após tomar Viagra, eles puderam ter uma ereção, mas seus corpos sedentários podem não ter sido fortes o suficiente para a atividade física que o sexo exige. O excesso de esforço, ao invés da droga em si, pode ter levado aos problemas cardíacos, de acordo com o Dr. Herrmann.

Finalmente, grande número de homens têm tanto disfunção erétil quanto doença cardíaca, e seria esperado que alguns deles tivessem ataques cardíacos, independentemente se tivessem ou não usado Viagra. “Concluindo, este estudo demonstra que sildenafil oral não tem efeitos adversos cardiovasculares diretos em homens com doença coronariana grave,”escrevem o Dr. Herrmann e colaboradores. Eles concluem que a droga é segura para homens com doença cardíaca, uma vez que sua condição esteja estável e que não estejam em uso de medicações contendo nitratos.

O Colégio Americano de Cardiologia (American College of Cardiology) e a Associação Americana do Coração (American Heart Association) recomendam que pacientes com doença coronariana estável que não estejam em uso de nitratos devem consultar seus médicos sobre os riscos e benefícios do Viagra. Aqueles tomando uma combinação de drogas hipotensoras podem estar sob risco aumentado de interações medicamentosas. A medida da função cardíaca durante um teste de esforço pode ajudar a determinar se um paciente pode apresentar problemas cardíacos durante a atividade sexual.

“Nós gostaríamos de frisar que os estresses físicos e emocionais da atividade sexual podem ser excessivos para algumas pessoas, particularmente àqueles que não realizam esta atividade há muito tempo e que não estejam em boa condição”. Isto por si só pode causar dor torácica ou desencadear um ataque cardíaco em algumas pessoas, de acordo com a AHA e o ACC. “Tais pacientes devem ser aconselhados a usar o bom senso e serem moderados no esforço físico e nas expectativas emocionais ao começarem sua utilização de Viagra."

FONTE: The New England Journal of Medicine 2000;342:1622-1626.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: