Publicidade

Notícias de saúde

Brasil Indica Pastoral da Criança Para Receber Nobel da Paz

11 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). O ministro da Saúde, José Serra, vai encaminhar ao Comitê Nobel da Paz na próxima semana uma carta de intenções que indica a Pastoral da Criança para receber o Prêmio Nobel da Paz.

Na terça-feira, o ministro da Saúde, o presidente Fernando Henrique Cardoso e representantes da pastoral assinaram a carta, que será entregue pessoalmente pelo ministro na sede do comitê em Oslo, na Noruega.

"A Pastoral faz um ótimo trabalho e com total independência. Queremos incentivar o surgimento de outras pastorais como esta", disse Serra a jornalistas no final da cerimônia.

A Pastoral da Criança é um organismo de ação social que faz parte da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A entidade acompanha, mensalmente, 76 mil gestantes e 1,5 milhão de crianças menores de 6 anos.

O Ministério da Saúde é parceiro da Pastoral da Criança e responde por 70 por cento do orçamento da entidade. Em 2000, esse orçamento foi de cerca de 18 milhões de reais.

Segundo Cardoso, a pastoral merece a indicação porque "tem contribuído largamente para a erradicação da mortalidade infantil".

A carta de intenções também recebeu o apoio de várias personalidades como Renato Aragão, Daniela Mercury e Pelé, que também participou da cerimônia.

O Comitê da Paz é formado por cinco integrantes indicados pelo Parlamento norueguês e vai anunciar sua decisão no dia 10 de dezembro. A entidade brasileira deve concorrer com outras cem organizações.

Entre as principais áreas de atuação da pastoral destacam-se o apoio às gestantes, o incentivo ao aleitamento materno, o controle de doenças diarréicas e respiratórias, a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e a prevenção da violência contra a criança.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: