Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Governo Distribuirá Teste de Sífilis no Exército

São Paulo, 27 de Dezembro de 2000(eHLA). O Ministério da Saúde distribuirá, a partir do próximo mês, cerca de 150 mil testes rápidos de sífilis para 100 mil cabos e soldados do Exército em todo o País. Esse trabalho de parceria entre o Ministério da Saúde e o Exército surgiu a partir da constatação, em 1998, de que em cada 200 rapazes que se alistaram no serviço militar um tinha sífilis.

Doença sexualmente transmissível, a sífilis começa na maior parte das vezes como uma ferida perto dos órgãos genitais, mas também pode aparecer nos lábios e nos dedos. A seguir, os gânglios linfáticos incham e aparece febre e dor de garganta. Segundo o urologista Arnaldo Monteiro, de São Paulo, se não tratada adequadamente, a doença se espalha e pode atingir até o sistema nervoso.

Os principais sintomas são verrugas nos órgãos genitais, manchas vermelhas na pele, febre e dor de garganta. O tratamento é feito com antibióticos, principalmente a penicilina. Como prevenção os médicos aconselham usar camisinha, fazer sempre uma boa higienização, além de exames anuais do aparelho reprodutor. “Homens que sentirem dores súbitas e forte nos testículos devem procurar um médico”, diz o médico.

Teste

Segundo Guida Silva, técnica da Unidade de Diagnóstico, Assistência e Tratamento da Coordenação Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids, todas as unidades militares receberão um kit contendo os testes e o material destinado ao tratamento da doença. Será traçado também o perfil dessa população em relação às doenças sexualmente transmissíveis. O teste será voluntário e os homens que se submeterem a ele conhecerão o resultado em aproximadamente 15 minutos. Os infectados receberão tratamento imediato.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: