Publicidade

Notícias de saúde

A vitamina A pode ajudar a prevenir o câncer

NEW YORK, (Reuters Health) – Acredita-se que um gene suprime o crescimento de tumores possa ser desligado nos estágios precoces do câncer de mama, de acordo com os resultados de um novo estudo. Mas um tratamento duplo que inclui uma forma de vitamina A pode ajudar a prevenir ou tratar o câncer pela reativação do gene de supressão do tumor, relatam pesquisadores em um artigo.

Um gene chamado RAR-beta-2, que se acredita impedir o crescimento dos tumores, é desligado em vários tipos de tumores, incluindo o câncer de mama. Uma vez que substâncias chamadas retinódes, que têm estrutura semelhante à da vitamina A, são vistas como capazes de interagir com estes genes, o Dr. Martin Widschwendter da Universidade de Innsbruck, na Áustria, e colaboradores estudaram os efeitos de um retinóide chamado ATRA sobre as células do câncer de mama.

Suspeitando que o gene RAR-beta-2 era desativado pelo processo chamado metilação, os pesquisadores trataram vários tipos de células do câncer de mama com uma substância que reverte este processo, um agente demetilador. Em seguida as células foram expostas ao ATRA.

Em algumas das 16 variedades de células de câncer testadas, o gene RAR-beta-2 foi reativado após o tratamento duplo, relatam os pesquisadores na edição de 17 de maio do Journal of the National Cancer Institute. Em outra linhagem de células nos quais o gene já estava ativado, ou expresso, antes do tratamento, a expressão aumentou. Em outros tipos de células, a ativação do gene ou não aumentou ou não ocorreu completamente, de acordo com o artigo.

Em outro experimento envolvendo tumores de mama assim como amostras de tecido normal de mama, os pesquisadores descobriram que a ativação do RAR-beta-2 estava ligada ao câncer. Enquanto os pesquisadores não detectaram sinais de metilação – o processo que desliga o gene - no tecido de mama normal, eles o detectaram em seis dos oito tumores estudados. E tumores de estágio avançado foram mais propensos a ter os genes desligados, de acordo com o artigo. Os autores do estudo apontam que medicamentos que revertem o processo de metilação têm sido benéficos em animais com câncer. Baseado na pesquisa, eles concluem que a reversão do processo e a administração de retinóides pode ajudar a prevenir o câncer.

Os clones da vitamina A eventualmente podem desempenhar um papel no tratamento do câncer, de acordo com o Dr. Michael B. Sporn, da Escola de Medicina de Dartmouth em Hanover, New Hampshire. Mas não por agora, uma vez que as drogas usadas no estudo para religar o gene são tóxicas demais para serem utilizadas em pessoas, ele observa em um editorial que acompanha o estudo.

FONTE: Journal of the National Cancer Institute 2000;92:780-781, 826-832.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: