Publicidade

Notícias de saúde

França Proíbe Doação de Sangue de Quem Viveu no Reino Unido

PARIS (Reuters) - As autoridades francesas disseram na terça-feira que não vão mais aceitar doações de sangue de pessoas que moraram no Reino Unido por mais de um ano entre 1980 e 1996, a fim de reduzir o risco de espalhar a versão humana da doença da vaca louca. A medida, que já vigora nos Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Áustria, Itália e Austrália, afeta apenas cerca de 0,7 por cento dos doadores em potencial da França.

A proibição foi anunciada pelo Ministério da Saúde e pelo órgão de segurança do sangue francês.

Eles disseram que não havia prova definitiva da transmissão através do sangue da nova variante do mal de Creutzfeldt-Jakob (nvCJD), uma doença degenerativa do cérebro para a qual não existe cura conhecida. "Mas diante das circunstâncias, preferimos ficar seguros do que arrependidos", disse o porta-voz do ministério, Patrich Paquet, a jornalistas.

A nvCJD é a versão humana da encefalopatia espongifrme bovina (BSE), que afeta as vacas. Cientistas dizem que as pessoas podem contrair a doença através da carne.

Houve dois casos fatais do nvCJD na França. Existe um caso suspeito de um paciente terminal. Pelo menos 80 pessoas morreram da doença na Grã-Bretanha.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: