Publicidade

Notícias de saúde

Jospin Rejeita Apelo de Chirac para Conter Vaca Louca

Por Greg Drost

PARIS (Reuters) - O primeiro-ministro francês, Lionel Jospin, rejeitou na terça-feira o apelo feito pelo presidente da França, Jacques Chirac, para suspender o uso de carne e osso na alimentação de animais devido ao temor sobre a disseminação da doença da vaca louca. Jospin afirmou, durante sessão do Parlamento, que não havia razão para proibir o uso de carne e osso em rações animais agora.

"Ouvimos as preocupações de nossos cidadãos", disse Jospin, destacando que o governo já pediu à agência de segurança de alimentos (AFSSA) para avaliar se a proibição francesa do uso de carne e osso em ração de gado deve ser estendida a todos os animais.

"Agora, o governo está estudando formas que irão permitir a proibição destas rações o mais rápido possível", acrescentou o primeiro-ministro. Jospin destacou as dificuldades de proibição da prática de fornecer produtos animais a outros animais, afirmando que a França seria obrigada a incinerar um número de carcaças animais três vezes maior do que o atual, caso a proibição seja colocada em prática.

Isso pode liberar mais poluentes, como o dióxido, no ar, criando um problema mais grave do que o risco à saúde, disse Jospin.

O governo socialista de Jospin foi pressionado pela recomendação de Chirac para proibir o uso de carne e osso em rações para todos os animais, e não somente o gado.

Em um comunicado televisivo, Chirac disse que autoridades devem agir imediatamente para proteger consumidores da encefalopatia espongiforme bovina (BSE), conhecida como doença da vaca louca, e não devem esperar três ou quatro meses pelo veredicto da AFSSA.

"Na minha opinião, sem esperar os resultados, devemos suspender o uso dessas rações para todas as criações (de animais), enquanto esperamos uma decisão definitiva de especialistas", disse Chirac.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: