Publicidade

Notícias de saúde

Gêmeas Siamesas Precisam de Mais Cirurgia na Austrália

BRISBANE, Austrália (Reuters) - Uma das gêmeas siamesas Tay-lah Armstrong foi submetida a uma cirurgia para deter o escoamento de um fluido espinhal do cérebro e está em condições críticas, mas a irmã Monique permanece estável, disseram os médicos australianos na terça-feira.

O neurocirurgião Scott Campbell, que coordenou o time que separou as gêmeas na semana passada, disse que a vazão do fluido espinhal de Tay-lah foi antecipada, e que a cirurgia na segunda-feira era "uma rotina de reparação".

"Isso foi uma das complicações em potencial revelada pelo time cirúrgico", disse o chefe do Royal Children's Hospital de Brisbane, Alan Isles, em uma declaração.

As gêmeas Tay-lah e Monique, de seis meses, eram unidas pela cabeça. Tay-lah é a gêmea mais fraca, que sofre de uma doença cerebral e de deficiência renal, e foi submetida à cirurgia antes da operação de 12 horas para separá-la da irmã.

Ambas as garotas estão agora em alas diferentes no hospital, mas os médicos disseram que as próximas duas semanas seriam críticas para a sobrevivência de ambas.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: