Publicidade

Notícias de saúde

Má Comunicação Atrapalha Encontros Sexuais

Uma pesquisa feita na Noruega mostra que, ao atingir os 30 anos de idade, 90% das pessoas ainda solteiras já tiveram uma ou mais experiência sexuais desagradáveis, ou seja, uma relação onde as expectativas não se realizaram plenamente.

O autor do estudo, Dr. Bente Treen, do Instituto Nacional de Saúde Pública de Oslo, diz que “sexo é uma forma de comunicação não-verbal que envolve sentimentos. As pessoas que não querem ou não conseguem se comunicar saem frustradas. Para alguns, o sexo é o início de uma relação.

Para outros, é apenas diversão. Se isso não está claro, algo vai dar errado”.

A equipe conduzida por Treen entrevistou 33 noruegueses sobre suas experiências sexuais. Os 14 homens e 19 mulheres foram recrutados em bares da capital norueguesa. Apenas três dos participantes do estudo nunca haviam tido um encontro sexual ruim.

Segundo o médico, um dos motivos para tanta insatisfação é que as pessoas já começam um encontro com um roteiro pré-determinado. A relação é idealizada, e por isso muito fácil de falhar. Outros “erros” comuns identificados: ter relações sexuais rapidamente, sem a discussão prévia do que ela significa; fazer sexo depois de bêbado; ter relações com amigos ou colegas de trabalho ou com pessoas de classe social muito diferente; ser pressionado ou ameaçado para transar; e ter relação com uma pessoa que tem um nível de envolvimento diferente.

O pesquisador espera, com o estudo, discutir mais a questão dos encontros rápidos que terminam em sexo para poder melhorá-los. “O ruim não é fazer sexo com um quase desconhecido. O ruim é esperar a coisa errada dessa relação”, diz o norueguês.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: